Dia de Erradicação do Trabalho Infantil é lembrado com brincadeiras

Nesta segunda-feira (12), foi lembrado o Dia Internacional de Erradicação do Trabalho Infantil. Por isso a Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS), de Três Lagoas, realizou no Núcleo de Inclusão Produtiva, uma ação com a participação de cerca de 150 crianças e adolescente dos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) referenciados aos seis Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) de Três Lagoas, que contou com contação de histórias e brincadeiras variadas.

Para a coordenadora do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), Gina Marta Sales Barbosa, essa ação é muito importante para sensibilizar e mobilizar a população sobre a importância de erradicar o trabalho infantil. “Uma criança que tem a obrigação de trabalhar perde a infância e com isso interrompe o delicado processo de desenvolvimento social e intelectual”, ressaltou.

A secretária de Assistência Social, Vera Helena Arsioli, disse que o evento vem ressaltar a importância de a criança brincar e, com isso, aprender. “Uma criança aprende mais brincando, com atividades lúdicas e em grupo, por isso que o trabalho infantil é tão prejudicial ao seu desenvolvimento, pois interrompe esse momento e a transforma em um adulto muito cedo, pulando etapas”, enfatizou.

PARTICIPAÇÃO
Com a participação do Programa Pelotão Mirim, Programa Bombeiro do Amanhã, CRASE Lata, Banda Marcial Cristo Redentor, Programa Florestinha, Programa Colo de Mãe e CRAS, a ação teve contação de história promovida pelo Grupo de Teatro Identidade da UFMS e diversas brincadeiras tradicionais.

SOBRE O PETI
O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) teve início, em 1996, como ação do Governo Federal, com o apoio da Organização Internacional do Trabalho (OIT), para combater o trabalho de crianças em carvoarias da região de Três Lagoas (MS). Sua cobertura foi, em seguida, ampliada para alcançar progressivamente todo o país num esforço do Estado Brasileiro para implantação de políticas públicas voltadas ao enfrentamento do trabalho infantil, atendendo as demandas da sociedade, articuladas pelo Fórum Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FNPETI).

Da Redação

você pode gostar também