Acusada de agredir crianças em creche de Ilha Solteira será julgada em agosto

A Justiça de Ilha Solteira marcou para o dia 2 de agosto o julgamento de uma ex-educadora da creche “Sorriso de Criança”, que fica na cidade.

A mulher é acusada de agredir e ameaçar várias crianças que frequentavam o local entre 2014 e 2016.

O caso estourou no meio do ano passado. Pais e funcionários da creche denunciaram o caso à polícia e ao Ministério Público após desconfiarem do comportamento da mulher.

Uma das funcionárias conseguiu gravar vídeos que, segundo a polícia, mostram a mulher praticando violência física e psicológica contra pelo menos dez crianças.

“As imagens mostram maus tratos tanto verbais, como físicos. Um tratamento desproporcional em relação às crianças”, informou a Polícia Civil ao portal Ilha de Notícias.

Na época, a mulher negou as acusações, mas após a instauração do inquérito e a confirmação das agressões, a mulher foi demitida em indiciada.

Os vídeos não foram divulgados pela polícia e o Ministério Público. Até então, a acusada aguardada julgamento em liberdade e está proibida de se aproximar das vítimas e familiares, além de também estar proibida de ir até a creche.

KAIO ESTEVES – Araçatuba

você pode gostar também