Acia se reúne com vereadores para falar sobre venda de fogos de artifício

O presidente da Acia (Associação Comercial e Industrial) de Araçatuba, Wilson Marinho, se reuniu ontem (6) com os vereadores Almir Fernandes e Márcio Saito, ambos do PSDB, para falar sobre a venda de fogos de artifício na cidade.

Nesta semana, um projeto de lei do vereador Arlindo Araújo propondo a probição do uso, queima, soltura e manuseio de fogos de artifício e artefatos pirotécnicos na cidade foi vetado pelo prefeito Dilador Borges e provocou o debate. Agora, o texto retorna à Câmara e os vereadores precisarão decidir se vão manter o veto ou promulgá-lo.

A Acia defende que famílias ficariam desempregadas se a lei fosse aprovada, já que existem 10 lojas que vendem fogos de artifício na cidade, mas também afirma que a comercialização e a venda precisa ser feita de acordo com a lei.

Além dos comerciantes que vendem o produto na cidade, um membro da Associação Brasileira de Pirotecnia participou da reunião para falar do curso que os lojistas precisam fazer para vender o produto. Apesar de alguns vendedores já terem a especialização, a Acia pretende oferecer um espaço para o trabalho que só poderia ser feito em São Paulo.

O caso ainda está sendo estudado entre as associações. “A gente acredita que o comércio precisa funcionar, desde que respeite a lei. Por isso debatemos este assunto com os vereadores que vieram”, disse Wilson Marinho.

KAIO ESTEVES – Araçatuba

você pode gostar também