Feliz por vaga, Cuca admite que time não foi bem

O técnico Cuca ficou aliviado com a passagem do Palmeiras para as quartas de final da Copa do Brasil. A classificação anteontem no Beira-Rio, contra o Internacional, mesmo com derrota por 2 a 1. O treinador defendu o ‘Cucabol’ na manhã de ontem, mas admitiu que a equipe precisa mostrar mais eficiência. “Fico feliz pelo resultado, mas com os pés no chão e, sinceramente, até preocupado, porque vamos ter muito trabalho para melhorar e temos que melhorar muito se quisermos alguma conquista nesse ano”, disse Cuca, que não gostou do primeiro tempo no Beira-Rio.

Durante a entrevista, o técnico ficou insatisfeito ao ouvir uma questão sobre o ‘Cucabol’, termo criado para se referir pejorativamente ao estilo do time de 2016, que terminou como campeão brasileiro. Sem perder a calma, ele defendeu o próprio trabalho. “Quando você está em uma batalha, tem que perfurar os blocos do adversário, não importa por onde. Precisa conseguir aquele território. Se for bonzinho, sai cheio de bala. Às vezes, você consegue em uma jogada ensaiada, em uma individual. Isso tudo é trabalho. Eu acho que isso é o Cucabol”, declarou.

Com o placar em 2 a 0 para o Internacional, Cuca resolveu colocar o zagueiro Yerry Mina como centroavante e recusou o volante Felipe Melo para o miolo da defesa ao lado do lateral direito Fabiano. Em uma jogada área após cobrança para a área, Thiago Santos marcou o gol da classificação. “Eles ficaram com os 10 atrás. Não dava para entrar, não tinha como fazer gol tabelando, driblando, porque o Inter estava bem posicionado. Se você não encaixa uma bola, não faz o gol. Então, às vezes tem que usar o artificio da bola parada e uso com o maior prazer. Que ela venha sempre”, afirmou Cuca.

Encerrada a partida na capital gaúcha, o volante Felipe Melo destacou o sacrifício do elenco e valorizou a classificação ocorrida após o clássico em que o Verdão saiu derrotado pelo arquirrival São Paulo. “Quando fui apresentado, disse que tinha vindo para ajudar o Palmeiras a conquistar coisas importantes. A ajuda é dessa forma: a gente se sacrificar em prol da equipe. O Mina foi para o ataque, eu fui para a zaga. Parabéns para o time, que lutou e sofreu para fazer o gol que possibilita passar de fase”, declarou ao Sportv Felipe Melo, elogioso em relação ao Inter.

Os próximos confrontos pelas quartas de final da Copa do Brasil serão definidos por sorteio na próxima segunda-feira. Às 16h deste domingo, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, a equipe defendida por Felipe Melo enfrenta o Atlético-MG, no Palestra Itália.

Da Redação – Araçatuba

você pode gostar também