Time estará sem lateral direito para duas partidas

Sem Cicinho, que teve sua negociação praticamente encerrada na semana passada, e com a demora na recuperação de Léo Príncipe, que nem sequer foi a campo para iniciar o trabalho de transição após um estiramento muscular na coxa direita, o técnico Fábio Carille tem feito testes para achar substitutos de Fagner na lateral direita. No momento, os volantes Paulo Roberto e Camacho são os que têm mais chance de jogar.

Ainda que tenha o titular confirmado para a partida de amanhã, contra o Santos, no estádio de Itaquera, Carille já sabe que não poderá contar com Fagner e nem com o meia Rodriguinho a partir do duelo contra o Vasco, na próxima quarta-feira. Convocado pelo técnico Tite para a Seleção Brasileira, o camisa 23 estará na Austrália para a disputa dos amistosos contra a Argentina, no dia 9, e os donos da casa, no dia 13, ambos em Melbourne. Dessa forma, certamente não encara o clássico contra o São Paulo, no dia 11, no Morumbi, e tem remotas chances de enfrentar o Cruzeiro, no dia 14.

Ciente das ausências e com um pouco mais de opções no meio-campo, local em que pode contar com Marquinhos Gabriel, Pedrinho e Giovanni Augusto, Carille tem dado enfoque nos últimos treinamentos a possíveis alternativas na ala, de preferência com a dupla de meio- campistas. Na atividade comandada pelo treinador para os reservas, na última terça-feira, Paulo Roberto fez função na equipe tida como reserva, repetindo o que ele desempenhou no segundo tempo da partida contra a Universidad de Chile, em Santiago, pela Copa Sul- Americana. Naquela ocasião, Léo se machucou no final da etapa inicial e abriu espaço para o volante atuar ali.

Camacho, considerado um meia pelo treinador, seria um atleta para dar mais opções ofensivas, principalmente no quesito retenção da posse de bola. Testado no setor em treinamentos com Tite, Cristóvão Borges e Oswaldo de Oliveira, ele ainda não teve a oportunidade de entrar em um jogo oficial na posição.

Sem Léo Príncipe e também sem Mantuan, outro que se recupera de lesão, Carille chamou até o jovem Samuel, campeão da Copinha, para trabalhar com os profissionais. Dentre as opções apresentadas, porém, é improvável que o garoto entre nesta sequência de jogos.

Da Redação – São Paulo

você pode gostar também