Polícia Federal realiza ações de prevenção às drogas

Polícia Federal de Jales está desenvolvendo ações de prevenção às drogas em escolas públicas e instituições beneficentes da região. Estão sendo realizadas palestras preventivas e a cessão de uso de veículos apreendidos com drogas a entidades beneficentes que atuam no tratamento ou proteção às vítimas do tráfico de entorpecentes.

Um policial federal de Jales, especializado no combate ao tráfico, está proferindo palestras na região objetivando a conscientização dos jovens sobre os riscos do uso das drogas. As palestras são direcionadas principalmente a crianças e adolescentes da rede pública de ensino. Jovens e adultos das cidades de Jales, Paranapuã, Estrela d’Oeste e Fernandópolis/SP já tiveram a oportunidade de participar das palestras preventivas.

Centenas de crianças e adolescentes foram orientadas sobre os riscos e as consequências do uso das drogas bem como dicas de como deixar o vício e não se envolver no tráfico de entorpecentes. Os jovens também foram alertados sobre os riscos do uso das drogas de uso permitido (apenas para maiores de idade) entre elas: o cigarro e o álcool, que são drogas que potencializam o risco da migração para o uso de outras drogas como a cocaína e a maconha. Também foi abordado o perigo do uso do “Narguilé”, dispositivo utilizado para uso coletivo do tabaco, que é até cem vezes mais prejudicial à saúde que o cigarro comum, bem como a proibição do uso e a venda deste dispositivo para menores.

Em outra vertente, atuando também na prevenção, a PF de Jales representou junto ao Poder Judiciário pela cessão de veículos apreendidos em operações de combate ao tráfico de drogas para que eles fossem utilizados por instituições que mantêm relação, direta ou indireta, com vítimas do tráfico de drogas. Instituições das cidades de Jales, Paranapuã, Estrela d’Oeste e Ilha Solteira foram beneficiadas com a cessão de 10 veículos que poderão ser utilizados exclusivamente no interesse das entidades e de seus assistidos.

As ações de prevenção às drogas são muito importantes no combate ao tráfico de entorpecentes, pois auxiliam a família, educadores e instituições, que atendem vítimas deste crime, a dificultar ou impedir a ação de traficantes no aliciamento de novos usuários ou na intensificação do tráfico em áreas de vulnerabilidade social da região.

Da Redação – Jales

você pode gostar também