Após anos de transtornos, obra de drenagem se aproxima da conclusão na Vila Alegre

Há trinta anos, desde que se mudou com sua família para a tão sonhada casa própria na Avenida João Thomes, Dona Tereza, de 66 anos, vive dias de muito transtorno, sempre que chuvas mais fortes caem sobre a cidade, no entanto, com a instalação de grandes empresas próximas a sua residência os problemas aumentaram. Localizada próxima a Rua Egídio Thomé, a residência da dona de casa está em um dos locais mais críticos da cidade.

Uma grande obra de drenagem, que está sendo realizada no local, deve reduzir de forma significativa os problemas com inundações naquele bairro. O contrato com a empreiteira responsável foi um dos encontrados pela atual gestão e colocados em dia. A previsão é de que essa obra seja entregue no segundo semestre. “Não é uma obra fácil, trata-se de uma área delicada, as manilhas estão sendo posicionadas de forma profunda a fim de levar a água até a bacia de amortização. De lá, essa água será conduzida a uma rede de aguas pluviais já existente.”, explicou Dirceu Deguti, secretário de Infraestrutura, Trânsito e Transporte.

A obra conta com drenagem, pavimentação de algumas vias e construção da bacia de amortização (também conhecida como piscinão). Com inicio no ano passado, a obra atendeu uma agenda de pulverizações, por esse motivo, apenas um lado da Avenida Professor João Thomes será asfaltado, conforme o mapa.

Para dona Tereza, a solução das inundações é um grande alívio. “Estou confiante de que esses problemas serão resolvidos, foram muitas as vezes em que ficamos ilhados por aqui.”, contou.

Da Redação

você pode gostar também