MEMÓRIA – Zequinha Barbosa saiu de Três Lagoas com 17 anos para treinar em Araçatuba antes de ser estrela internacional

 

José Luís Barbosa, o Zequinha Barbosa, nasceu em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul em 27 de maio de 1961, enfrentou a pobreza para se tornar um dos principais meio- fundistas do mundo. Ele saiu de Três Lagoas, começando no atletismo em 1978 com 17 anos, quando se mudou para Araçatuba (SP) para treinar com José dos Santos Primo. Aos 21 anos, Zequinha venceu pela primeira vez o Troféu Brasil de Atletismo.

De Araçatuba Zequinha foi morar em Guarulhos (SP), se juntando a uma das maiores equipes de atletismo do Brasil, nessa equipe além de Agberto Guimarães e outros atletas, entre eles João Carlos de Oliveira, o João do Pulo. Em 1983, Zequinha foi morar e treinar nos Estados Unidos, se juntando a Joaquim Cruz e Agberto Guimarães, disputando os Jogos Olímpicos de Los Angeles de 1984, nos Estados Unidos.

Em 1988, participou dos Jogos Olímpicos de Seul (Coreia do Sul), onde correu 800 metros rasos ficando em sexto lugar. Participou nos Jogos Olímpicos de Barcelona em 1992, na Espanha, obtendo a quarta colocação nos 800 metros. Em 1996, participou nos Jogos Olímpicos de Atlanta, novamente nos Estados Unidos.

QUATRO OLIMPÍADAS – Zequinha Barbosa é um dos raros atletas a participar de quatro Olímpiadas: Los Angeles (1984), Seul (1988), Barcelona (1992) e Atlanta (1996)

Zequinha se tornou um dos únicos atletas a participar de quatro Olimpíadas, nove Campeonato Mundiais e três jogos Pan-Americanos, tornou se um dos maiores meio fundista no mundo, ficando ranqueado entres os dez melhores atletas do mundo por nove anos consecutivos. Foi o primeiro atleta da América Latina a ser tornar campeão do circuito mundial do grand prix. Em 1991 foi ranqueado número 1 no mundo. Zequinha é terceiro atleta de mais conquistas de resultado da história dos 800 metros.

Suas melhores marcas foram nos mundiais, começando com o ouro no Mundial Indoor de 1987 e prata no Outdoor de Tóquio. Sua última grande conquista foi à medalha de ouro no Pan-Americano de Mar del Plata, em 1995.

Atualmente Zequinha mora nos Estados Unidos, para onde se mudou em 2008. Cinco anos antes, quando era secretário de Esportes de Mato Grosso do Sul, o ex-corredor foi envolvido em um caso de exploração sexual de menores. Mesmo inocentado, teve a reputação devastada no País. Encontrou refúgio nos Estados Unidos, levado pelo jogador de basquete Leandrinho Barbosa para ser seu preparador físico pessoal. Hoje ele trabalha como técnico no Granite Hills High School, de San Diego (Califórnia).

DA REDAÇÃO – Araçatuba

você pode gostar também