Grafite de musgo… Aprenda duas maneiras de fazer

O CicloVivo mostra hoje como aderir ao “eco-grafite” – uma técnica que ganhou repercussão após a divulgação do trabalho da artista plástica Anna Garforth. Com poucos materiais, é possível aplicar o verde no concreto das cidades.

Há variações na receita do grafite ecológico e o portal Atitude Sustentável reuniu duas delas. Veja abaixo como prepará-las.

Receita da Zupi Mag

  • 3 chumaços de musgo
  • 700 ml de água morna
  • 2 colheres de gel hidroretentor (encontrado em lojas de plantas)
  • 1 colher de suco de limão ou vinagre branco
  • 1 xícara de leite

O musgo deve ser esfarelado e jogado na água. Em seguida, adicione o gel hidroretentor para plantio. Em outro recipiente, misture o suco de limão ou vinagre com o leite. Deixe a mistura descansar por dez minutos.

Após esse tempo, misture todos os ingredientes e bata no liquidificador até ficar com a consistência de um mingau. Feito isso, basta colocar a substância em um balde e utilizar na madeira ou concreto áspero. Para conservar, umedeça semanalmente.

Receita do Casinha pra viver

  • 5 punhados de musgo limpo
  • 1 lata de cerveja
  • 1 colher de açúcar
  • 1/2 copo de iogurte natural ou 1/2 copo de soro de leite coalhado
  • Misture todos os ingredientes e bata no liquidificador até que fique com uma consistência cremosa. Em seguida, transfira a substância para um recipiente plástico.

Utilize estêncil para desenhar a imagem ou escrever a palavrada desejada. O blog ressalta que esse tipo de arte precisa ser cuidada. Regue o musgo, frequentemente, com água e fertilizante para gramados.

O grafite “verde” substitui spray e outras tintas tóxicas. Veja aqui, o interessante trabalho Anna Garforth, que leva um pouco verde para velhos prédios abandonados.

Fonte: CicloVivo

você pode gostar também