Inundações no Sri Lanka deixam mais de 100 mortos

Pelo menos 100 pessoas morreram e 99 estão desaparecidas como consequência das inundações e dos deslizamentos de terras causados pelas chuvas no Sul e no Sudoeste do Sri Lanka, informou neste sábado (27) o Centro de Gestão de Desastres (DMC) do país.

Cerca de 12 mil pessoas foram evacuadas devido ao risco de inundações. As enchentes também afetam 200.382 pessoas em 14 distritos do país, informou o organismo em seu último relatório.

“O nível da água do rio Kalaniya River ainda está subindo, pelo que as evacuações continuam”, disse à Agência Efe o porta-voz do DMC, Predeep Kodippili.

As fortes precipitações registradas há dois dias inundaram as localidades em Kalu, Kelani, Gin, Nilwala e Attanagalu, entre outras.

Sete distritos estão seriamente afetados, o pior deles, o de Kalutara, onde foram registrados 38 mortos e 80 desaparecidos.

O primeiro barco com ajuda humanitária procedente da Índia chegou hoje a Colombo.

O Departamento de Meteorologia do país fez um prognóstico de mais chuvas para os próximos dias devido à chegada da monção, que habitualmente causa fortes chuvas nesta época do ano.

Em maio do ano passado, chuvas torrenciais vinculadas com uma depressão atmosférica na baía de Bengala causaram cerca de cem mortos e deixaram 300 mil pessoas desabrigadas no país.

Agencia EFE.

você pode gostar também