LR1
O que você
busca?
BUSCAR
Região
postado em 19/05/2017 às 16h27min

Procon se reúne com gerentes de agências bancárias para melhor atendimento

Órgão vaoi intensificar a fiscalização quando ao tempo estabelecido em lei para atendimento
Da Redação - Três Lagoas
Tamanho da
Letra
Diminuir Letra Aumentar Letra
Reunião do Procon com representantes de bancos para alertar sobre reclamações (Foto: Divulgação)

O Procon de Três Lagoas se reuniu com os gerentes das agências bancárias do município para discutirem sobre as reclamações registradas no órgão por clientes dos bancos. Um dos maiores problemas discutidos foi a fila que não cumpre a lei municipal.
A Prefeitura de Três Lagoas não visa multar imediatamente as instituições que registrarem um alto número de reclamações no Procon e sim entrar em acordo para que os problemas sejam resolvidos.

O Procon-TL iniciará as fiscalizações nas agências bancárias para verificar se houve a preocupação de melhoria no atendimento, mesmo que não haja a solução completa dos problemas imediatamente.

Outra reunião ficou marcada dentro de dois meses para a discussão sobre os avanços e o início das cobranças da multa prevista na Lei Municipal n° 2.704/2013, que prevê multa de 200 a 400 UFERMS, na primeira autuação, podendo ficar ainda maior se houver reincidência. Cada UFERMS vale R$24,66 até junho de 2017.

O assessor especial Mohamed Youssef El Jarouche frisou a preocupação do Procon e da Prefeitura de Três Lagoas em não apenas multar as instituições, mas sim, buscar as soluções para os problemas. “Não queremos prejudicar as agências e aplicar multas que já sabemos que não irão gerar resultado perante o consumidor, queremos conversar para encontrarmos as soluções para que os clientes saiam satisfeitos”, comentou.

Além dos problemas com as filas, o Procon também comentou sobre os direitos de atendimentos de idosos, gestantes, portadores de necessidades especiais e pessoas com crianças de colo que precisam receber atendimento com menos de 15 minutos.

Outra obrigatoriedade da Lei é de que os estabelecimentos bancários possuam em suas dependências sanitários, bebedouros de água potável e assentos para serventias de seus usuários. Outro ponto a ser analisado durante as fiscalizações.

Espalhe essa notícia
|
0 Comentários Comentários
Comentar Comentar
LR1 Siga-nos no Siga-nos no Twitter Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Orkut SRC na WEB   |   Anuncie no Lr 1   |   Fale com o Lr 1   |   Privacidade   |   Faça do Lr 1 a sua página inicial WTC Brasil Todos os direitos reservados - 2010 Jornal O Liberal Regional