LR1
O que você
busca?
BUSCAR
Região
postado em 17/03/2017 às 09h31min

Siran e Polícia Rodoviária desenvolvem ações para reduzir acidentes com animais

Da Redação - Araçatuba
Tamanho da
Letra
Diminuir Letra Aumentar Letra
Uma pessoa morreu em acidente com búfalo na pista, em Birigui (Foto: Arquivo)

Acidentes de trânsito envolvendo animais soltos têm sido frequentes na região nos últimos tempos. Em fevereiro, uma pessoa morreu e outra ficou ferida, após o carro em que elas estavam bater num búfalo solto na rodovia Gabriel Melhado (SP-461). Com a colisão, o carro capotou e o motorista morreu na hora. Na mesma semana, um estudante morreu depois de atropelar de moto um cavalo na rodovia Roberto Rollemberg.

Considerando a necessidade de uma ação de conscientização, o Siran está unindo esforços com a Polícia Militar Rodoviária da região de Araçatuba.

A entidade deve utilizar de seus canais de comunicação para difundir, tanto para associados quanto para sociedade em geral, as atitudes de prevenção aos acidentes com animais. "Quando acontecem acidentes envolvendo animais, principalmente, de grande porte como cavalos e bois, as consequências podem ser bastante graves. Alertamos para a necessidade dos proprietários manterem a vigilância, evitando a omissão na guarda dos seus animais, já que os riscos à segurança viária são grandes, além disso, os proprietários podem responder judicialmente, tanto na espera penal, pelo fatos relacionados à omissão, quanto na esfera civil, com relação ao ressarcimento de danos e na esfera administrativa, com multa", explica o tenente da Polícia Militar, Gercimar Dias dos Santos.

Só em 2016, foram 146 acidentes envolvendo atropelamento de animais. As espécies de animais que mais estão envolvidas com acidentes segundo estatística da 4ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar Rodoviária, são bovinos, cachorros, capivaras e equinos.

É preciso que os donos de animais estejam sempre atentos, a fim de prevenir que bois, cavalos ou até mesmo cães saiam facilmente para as ruas ou estradas. O risco de acidentes fatais com animais de grande porte, principalmente, é grande. Alertamos para que proprietários rurais observem a qualidade de suas cercas e as mantenham sempre fechadas", orienta Marco Antônio Viol, presidente do Siran.

Espalhe essa notícia
|
0 Comentários Comentários
Comentar Comentar
LR1 Siga-nos no Siga-nos no Twitter Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Orkut SRC na WEB   |   Anuncie no Lr 1   |   Fale com o Lr 1   |   Privacidade   |   Faça do Lr 1 a sua página inicial WTC Brasil Todos os direitos reservados - 2010 Jornal O Liberal Regional