LR1
O que você
busca?
BUSCAR
Região
postado em 17/02/2017 às 10h09min

Após crítica à polícia, rapaz é preso com revólverIndústria da região de Araçatuba cria 700 postos de trabalho em janeiro

Empresários enxergam os dados como possível sinal de recuperação da economia
Márcio Zeni - Araçatuba
Tamanho da
Letra
Diminuir Letra Aumentar Letra
Setor de calçados teve um peso importante para o desempenho positivo na geração de empregos (Foto: Divulgação)

A indústria da região de Araçatuba dá sinais de retomada do crescimento e em janeiro foi responsável pela criação de aproximadamente 700 postos de trabalho. O nível de emprego industrial na Diretoria Regional do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) em Araçatuba, que agrega 34 municípios, apresentou resultado positivo no mês passado, fazendo com que a região tivesse o quinto melhor desempenho entre as 36 regionais do Ciesp. A variação ficou em 1,38%. Empresários enxergam os dados como possível sinal de recuperação da economia.

Segundo pesquisa divulgada ontem, o nível de emprego industrial da diretoria em janeiro de 2017 foi influenciada, em primeiro lugar, pela variação positiva do setor de Artefatos de Couro, Calçados e Artigos para viagem, que registrou aumento de 7,06% na geração de postos de trabalho. No mês passado, o presidente do Sinbi (Sindicato das Indústrias de Calçado e Vestuário de Birigui), Carlos Alberto Mestriner, antecipou durante entrevista ao O Liberal que o setor já começava a repor pelo menos parte dos demitidos no ano passado.

"Nosso setor sofreu muito em 2015 e 2016. Nós tivemos redução no volume de produção. Tivemos volume de pessoas que ficaram desempregadas. Mas o pior nós entendemos que já foi. Iniciamos 2017 com a expectativa ou esperança de repor parte dos empregos perdidos", disse na época.

Na sequência, também influenciaram de maneira positiva o cálculo do indicador total da região os setores de Móveis (0,52%); Máquinas, aparelhos e materiais elétricos (0,20%) e Produtos alimentícios (0,04%).

A região de Araçatuba só ficou atrás de São Carlos (+2,16); Araraquara (+1,89%); Jacareí (+1,46%) e Sertãozinho (+1,46%). Entretanto, nos últimos 12 meses, o acumulado aqui na região é de -1,35% representando uma queda de aproximadamente 800 postos de trabalho.

Na comparação entre os meses de janeiro dos anos de 2016 e 2017, há um cenário melhor, pois em janeiro de 2016 o resultado foi negativo em 2,66%

NO ESTADO
Depois de perder 518 mil postos de trabalho nos últimos três anos, a indústria paulista registrou saldo positivo de 6.500 vagas em janeiro, variação positiva de 0,31% na comparação com dezembro de 2016, sem ajuste sazonal. Na comparação com o mês anterior, com ajuste sazonal, o valor foi -0,24%.

O resultado positivo do mês é o primeiro registrado desde abril de 2015, quando foram feitas 6.000 contratações. Já na análise de janeiro deste ano contra o mesmo mês do ano anterior, a variação ficou negativa em 5,73%, com demissão de 132 mil trabalhadores. Os dados são da Pesquisa de Nível de Emprego do Estado de São Paulo, feita pelo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp e do Ciesp (Depecon), divulgada nesta quinta-feira (16/2).

Entre os setores acompanhados pela pesquisa, 15 contrataram, 3 ficaram negativos e 4 permaneceram estáveis.

Espalhe essa notícia
|
1 Comentários Comentários
Comentar Comentar
jovina pimenta

17/02/2017
14h57
kkkkkkkkkkkkkkk
5        0  
LR1 Siga-nos no Siga-nos no Twitter Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Orkut SRC na WEB   |   Anuncie no Lr 1   |   Fale com o Lr 1   |   Privacidade   |   Faça do Lr 1 a sua página inicial WTC Brasil Todos os direitos reservados - 2010 Jornal O Liberal Regional