LR1
O que você
busca?
BUSCAR
Esportes
postado em 25/08/2011 às 10h02min

Internacional bate Independiente-ARG e conquista a Recopa Sul-Americana

DA AFI, PORTO ALEGRE - RS
Tamanho da
Letra
Diminuir Letra Aumentar Letra
Divulgação

O Internacional colocou mais uma taça em sua extensa galeria de troféus. Na noite desta quarta-feira o Colorado bateu o Independiente-ARG por 3 a 1, no Beira-Rio, pelo jogo de volta da Recopa Sul-Americana, e ergueu o caneco. O jogo de ida terminou com vitória do time argentino por 2 a 1, por isso o clube gaúcho precisava de uma vitória por dois gols de diferença para ser campeão.

O Internacional abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com gols de Leandro Damião, quando teve amplo domínio e construiu a vantagem até com facilidade. Mas para deixar o jogo dramático, os argentinos descontaram o placar no começo do segundo tempo, num resultado que levaria a decisão para a prorrogação. Mas no final do jogo Kléber fez de pênalti e garantiu a festa colorada.

Foi a segunda vez que o Inter levou a taça da Recopa Sul-Americana. A primeira foi em 2007, quando ficou com o título ao bater o Pachuca-MEX, na final. De quebra, a conquista é a primeira de Dorival Júnior à frente do Colorado.

Artilheiro resolve!
O Internacional dominou o primeiro tempo e mostrou ampla superioridade técnica sobre o Independiente. O Colorado mostrou a que veio e quase abriu o placar logo aos quatro minutos. D'Alessandro recebeu na grande área e soltou uma bomba em chute cruzado, mas a bola explodiu no travessão e se perdeu pela linha de fundo.

O jogo era morno até o Colorado abrir o placar aos 19 minutos, numa bela jogada individual de Leandro Damião. O camisa 9 recebeu na ponta direita, passou por dois marcadores, invadiu a área e chutou cruzado, de bico, sem chances para Navarro. O gol fez a torcida colorada explodir em êxtase no Beira-Rio.

Empolgado pela vibração da torcida, o Internacional fez o segundo logo depois, sem dar tempo para o time argentino assimilar o golpe. Aos 25 minutos Muriel repos a bola na intermediária, Dellatorre ganhou a disputa pelo alto com a zaga do time argentino. A bola sobrou para Leandro Damião, que dominou e chutou forte de perna esquerda, fazendo um belo gol e aumentando a vantagem.

O Internacional não diminuiu o ímpeto ofensivo e por pouco fez mais um aos 34 minutos. Milito não conseguiu o domínio da bola no meio de campo, Leandro Damião dominou, entrou em velocidade na área e chutou. A bola passou com muito perigo e chegou a resvalar na rede pelo lado de fora, assustando.

Colorado sofre "apagão" e vence no fim!
Sem explicação, o Inter votou sonolento para o segundo tempo, ao contrário dos argentinos, que descontaram o placar logo aos três minutos. Ferreyra fez passe preciso na área para Maxi Velazquez, que chutou forte na saída de Muriel, diminuindo a vantagem. O gol foi uma ducha de água fria na torcida do Inter, e levava a decisão para a disputa de pênaltis.

Os jogadores brasileiros sentiram o baque do gol do Independiente, e o time argentino passou a mandar no jogo. Aos 11 minutos por pouco o jogo não ficou empatado. Após bola levantada na área do Inter, Marco Pérez chutou cruzado e Muriel espalmou. No rebote a zaga colorada afastou o perigo com um chutão.

A resposta do clube gaúcho veio aos 17 minutos. Oscar cobrou falta na área, Índio subiu mais que a zaga argentina e desviou de cabeça. A bola passou raspando a trave esquerda de Navarro, com muito perigo. Depois de um início de domínio do time de Avellaneda, o Colorado retomou o controle do jogo e fez o gol do título aos 38 minutos. Jô entrou na área, foi derrubado pelo goleiro Navarro e o árbitro marcou pênalti. Kléber foi para cobrança e estufou as redes, para delírio da torcida colorada.

Espalhe essa notícia
|
0 Comentários Comentários
Comentar Comentar
LR1 Siga-nos no Siga-nos no Twitter Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Orkut SRC na WEB   |   Anuncie no Lr 1   |   Fale com o Lr 1   |   Privacidade   |   Faça do Lr 1 a sua página inicial WTC Brasil Todos os direitos reservados - 2010 Jornal O Liberal Regional