LR1
O que você
busca?
BUSCAR
Nossa Cidade
postado em 19/03/2017 às 05h12min

Samar lançará amanhã projeto sustentável Jardins Filtrantes

Da Redação - Araçatuba
Tamanho da
Letra
Diminuir Letra Aumentar Letra
Projeto de jardins filtrantes será lançado amanhã pela concessionária (Foto: Divulgação)

Amanhã (20), às 14h30, a Samar lançará em sua sede o projeto de Sustentabilidade Jardins Filtrantes no Ribeirão Baguaçu. O projeto consiste na construção de jardins flutuantes que foram colocados no Ribeirão Baguaçu, principal manancial de Araçatuba, num trecho acima da captação de água na área interna concessionária.

O ribeirão, que atravessa boa parte da cidade, é responsável por 60% da água distribuída para a população, produzindo 36 milhões e 500 mil litros de água por dia. As estruturas flutuantes são feitas de garrafas pet e mangueiras recicladas e recebem plantas aquáticas (macrófitas) que fazem a biorremediação, processo no qual organismos vivos como plantas são utilizados para remover ou reduzir concentração de poluentes no ambiente.

Entre as plantas utilizadas estão o Aguapé e Alface d'água, todas plantas disponíveis na região. Uma das principais características do projeto é o envolvimento direto dos colaboradores da Samar e da comunidade em todas as etapas do projeto. Para idealizar o projeto a empresa realizou uma gincana interna para recolher garrafas pets. Os colaboradores recolheram 1.200 garrafas de dois litros para a sustentação das estruturas flutuantes.

Ao mesmo tempo, foram convidados vários parceiros para o projeto: alunos dos cursos de Engenharia de Bioprocessos, Engenharia Civil e Biomedicina do Centro Universitário UniSalesiano de Araçatuba, com orientação de professores, acompanharam a construção das estruturas e farão as análises da qualidade da água antes e depois da passagem pelos jardins flutuantes. Também são parceiros no projeto a ONG "Amigos da Árvore", vizinhos da concessionária, Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Secretaria da Educação e Sindicato Rural da Alta Noroeste.

Entre as ações previstas estão a visita de crianças de seis a dez anos das escolas próximas ao Ribeirão Baguaçu, visitas técnicas de alunos do Centro Universitário UniSalesiano, divulgação dos projetos pelos leituristas nos bairros próximos ao Ribeirão e mapeamento da população ribeirinha. Ao mesmo tempo em que são colhidas evidências técnicas da melhoria da qualidade da água, também são feitas ações de educação ambiental para a preservação do Ribeirão Baguaçu, envolvendo toda a comunidade.

Espalhe essa notícia
|
0 Comentários Comentários
Comentar Comentar
LR1 Siga-nos no Siga-nos no Twitter Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Faça Parte da Comunidade Lr 1 no Orkut SRC na WEB   |   Anuncie no Lr 1   |   Fale com o Lr 1   |   Privacidade   |   Faça do Lr 1 a sua página inicial WTC Brasil Todos os direitos reservados - 2010 Jornal O Liberal Regional